Scaling League of Legends: managing culture, extreme complexity and 30 million active users

Categories Eventos
Jarrod Overson

O keynote do Jarrod Overson começou as 10:58h com um pouco do seu background, ele como um gamer não poderia trabalhar em algo diferente. Com 15 anos “remunerados” como assim pode dizer, chegou ao ponto em que sua empresa tem um grande produto hoje o League of Legends, em que jogadores on-line se degladeiam, enquanto a plataforma se torna ENORME!!

League of legends
League of legends

Imagine agora seu código, ou o código escrito por Jarrod ou sua equipe para aguentar tantos acessos, agora pense em como a empresa cresce para acompanhar o sucesso e escalar as necessidades de um novo mercado que se abre.

Para o Jarrod, uma das partes mais complicadas é escalar pessoas, contratar as pessoas corretas, que tenham os mesmos princípios e desejos complementares é complicado… bem complicado.

E depois que se cresce se perde tudo de bom que se conseguiu quando era uma empresa pequena. As empresas, os times, as pessoas, estão inseridas em ecossistemas diferentes, que envolvem até as políticas de acesso ou liberdade de expressão. Como isso pode dar certo?

A internet é uma rede gigante, composta por toda esta variedade de visões e efeitos e causas, e a comunidade faz ela com todo seu esforço um bom lugar escalável. Ela é assincrona, por necessidade, tudo deve estar ativo, mas como trazer isso para empresas?

A internet é cega para classe, raça e espécie,  e achar o valor nesta diversidade é mais que necessária para escalar sua empresa e produto, porque suas vivências e a cultura agregada eleva debates e criações a um outro nível.

A RIOT Games tem feito um pouco de cada uma destas coisas, a mudança é para melhor porque não abraça-la. Construção de uma comunidade, a contribuição e aprendizagem, cultura de abertura e igualdade.

Rioters are GAMERS
Rioters are GAMERS

A web tem mudado tanto, que assim como as empresas ela precisa cada vez mais de pessoas, e de todas as origens, paradigmas e linguagens.

A próxima grande mudança para agüentar toda a carga sobre a mesma, deve e provavelmente será suprida por todas as novas apis, frameworks, tags e idéias e mais idéias que estão surgindo evoluindo e sobrevivendo.

As empresas, sistemas e pessoas devem observar e aprender com este modelo!

Algumas invenções são muito legais e acima de tudo permitem que o próprio ecossistema se transforme e gere novas invenções.

Veja o exemplo do ASM.js, uma especificação que permite transformar a web em um alvo para compilações. Imagine o estrago quando programadores C vão a web. Código em C compilado e apresentado no browser sob demanda. Debugando C no browser.

Estes tipos de criação e transformação não levam escalabilidade a um novo nível?  Cada pessoa com qualquer nível de conhecimento pode decidir a próxima década!

A WEB em todos os seus aspectos é o maior exemplo de como podemos atingir escalabilidade. Nós somos a WEB e ela pertence as próximas gerações! Contribua e se envolva está é a mensagem final do Jarrod.